E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2013

Foi com enorme surpresa, mas com grande satisfação, que hoje, na Assembleia da República ouvimos cantar Grândola Vila Morena por um grupo de anónimos.

Estamos certos, que não eram senhores economicamente bem nutridos, com bons relacionamentos na alta esfera económica e política, nem com alta sapiência no mundo da corrupção.

Era gente, que sente na pele as dificuldades da vida, que enfrenta a fome e a miséria e muitos deles, forçados a conviver com o desemprego.

São pessoas que trazem a fervilhar no coração o espírito de Abril.

É gente que perfuma a alma com a essência emanada pelos vermelhos cravos, com sede de mais justiça, mais igualdade, menos fome e mais solidariedade.

Eram Portugueses, que cantando o hino que nos ajudou a abrir as portas da "pidesca prisão", estavam a dizer não ao governo da fome, da injustiça, da miséria e da caridadezinha.

Cantavam para dizer não a um governo de privilégios, de favores a gente endinheirada e de subjugação aos altos interesses económicos.

Depois de José Afonso ser lembrado na Assembleia, resta-nos a esperança, de ver Portugal a mudar de rumo e renascer, como terra da fraternidade e igualdade. 

 

VÍDEO

Amorim Lopes
publicado por 59abc59 às 19:33

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14

17
19
21

24
26
27


Últ. comentários
Caros e inesquecíveis amigos, Infelizmente não me ...
M/s caros amigos. Lamento não ter podido estar pre...
Não sei se gosto muito do vídeo, a letra da música...
Obrigada por partilhar este vídeo, gostei muito. C...
Esta iniciativa, é muito interessante, mas mais se...
Dia 28 de Jnho um dia igualmente importante, boa m...
Depois do Benfica ter feito o jogo perfeito em Lon...
Visão enformada pela cor clubista. O jogador que ...
É claro que «há água no bico» dos chineses. Querem...
Esta lenga-lenga do comunicado da autarquia dá von...
MAIL
amorimnuneslopes@sapo.pt

blogs SAPO


Universidade de Aveiro