E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

Quinta-feira, 31 de Março de 2011

Como o sorriso ainda não paga imposto e com a propósito, por momentos, de fazer esquecer o preocupante e triste momento em que vivemos, publicamos seguidamente dois vídeos que se interligam no tema apresentado.   

 

Conferência de Imprensa de Paulo Futre-VERSÃO COMPLETA

 

 

Paulo Futre, candidato a Director Desportivo pela Lista de Dias Ferreira explicou o projecto desta equipa para o futuro do clube

 

 

Rui Unas Brinca Com As Declarações de Paulo Futre, Quando Apresentou o Projecto Para o Sporting

 

 

 

 

Amorim Lopes

 

publicado por 59abc59 às 18:49

Quarta-feira, 30 de Março de 2011

Muito recentemente o Japão foi sacudido por um violento sismo seguido de um tsunami, que varreu parte da costa japonesa, deixando um rasto de destruição e dor por diversos locais. Seguidamente apresentamos um vídeo que descobrimos no You Tube, feito por um repórter de imagem amador, bem demonstrativo do que é o poder destruidor da água do mar. Não queremos convida-lo a um espectáculo, mas simplesmente a reflectir no que recentemente aconteceu no Japão. Estou certo, que ao povo japonês não faltará, vontade, força e crer, para vencer mais uma vez este trágico acontecimento. Serve o vídeo, também, para sensibilizar todos os que o conseguirem ver, a estar disponíveis, sem condicionalismos, a ajudar o Povo Japonês, sempre que para tal nos seja solicitado.

Força Japão. Que rapidamente o seu Povo renasça e volte a sorrir.

 

 

 

Amorim Lopes

 

publicado por 59abc59 às 13:08

Quinta-feira, 24 de Março de 2011

Por diversas vezes escrevemos no nosso Blogue Dádivas o seguinte:

- A questão social tem que estar acima da questão material.

- Que as portas dos diversos círculos políticos se abram e todos juntos façamos Portugal.

- Ao longo dos anos os Políticos foram nos dando prendas, que o País não tinha, como que agradecendo os votos que lhes fomos dando.

- Os Políticos olharam sempre mais para eles próprios e para os amigos, que para um Povo que era a razão da sua existência.

Hoje, demos por nós a pensar no que temos afirmado ao longo dos meses e analisando o momento político, verificamos que algumas das afirmações tinham sentido. Demos por nós a analisar uns gráficos e um texto de opinião de Rui Rangel, publicado no Correio da Manhã de 24 de Março  e que seguidamente publicamos:   

 

 

    GRÁFICOS QUE ILUSTRAM A SITUAÇÃO ACTUAL DA REPÚBLICA:

   

 A média do crescimento económico é a pior dos últimos 90 anos

 

 A dívida pública é a maior dos últimos 160 anos

 

 A dívida externa é, no mínimo, a maior dos últimos 120 anos (desde que o país declarou uma bancarrota parcial em 1892)

 O desemprego é, no mínimo, o maior dos últimos 80 anos. Temos 610 mil desempregados, dos quais 300 mil são de longa duração

 Voltámos à divergência económica com a Europa, após décadas de convergência

  Vivemos actualmente a segunda maior vaga de emigração dos últimos 160 anos

  Temos a taxa de poupança mais baixa dos últimos 50 anos

 

O meu País

A crise política bateu à porta do meu País por culpa dos políticos que temos. Não foi por culpa dos portugueses. Nenhum partido do arco constitucional sai ileso desta responsabilidade.

Por:Rui Rangel, Juiz Desembargador

 

Mas para os responsáveis partidários o que interessa é que o partido esteja forte e recomendável, sacudindo, cada um à sua maneira, a sua quota parte de responsabilidade na derrocada do Estado. Todos ajudaram nesta derrocada vergonhosa. Todos têm telhados de vidro, ninguém pode atirar a primeira pedra. O que os move e interessa são as clientelas, as claques e o poder. O País e os portugueses pouco importam, a não ser em época eleitoral. Há muito que se previa o fim do regime e das políticas que estavam a ser seguidas. No Parlamento nunca se puseram de acordo, com acordos de regime alargado para salvar Portugal. E, agora, para espanto de todos, estala a crise política por questões de forma e não de substância. Ao que isto chegou.

O que interessa é a forma como o novo Programa de Estabilidade e Crescimento foi apresentado e não o seu conteúdo. Se estivessem interessados nos desígnios nacionais a forma quando muito devia servir, apenas, para puxar as orelhas a José Sócrates. E nada mais. Mas o cheiro a poder lança as aves de rapina em voo picado sobre um governo que está fraco e em morte lenta.

Apesar da inabilidade política revelada com a apresentação deste novo PEC, o problema que está em causa não se chama José Sócrates, mas Portugal. E todos mais uma vez preocuparam-se mais com o acessório do que com a essência do problema. A continuar assim, com estes políticos fracos e incompetentes e com estas políticas típicas de um Estado Protectorado, nada vai mudar num cenário de eleições, com um novo governo. Chame-se Sócrates, Passos, Portas ou Seguro o próximo primeiro-ministro.

É certo que muita coisa está mal entre nós, má gestão do erário público, despesismo, obras faraónicas, parcerias público-privadas que só servem para enriquecer as famílias políticas e empobrecer o País, a política ilimitada dos boys e o crescimento irresponsável da administração pública. Mas o que verdadeiramente está mal e ninguém quer discutir é o modelo europeu de financiamento dos Estados-membros. As economias periféricas e pobres como a nossa não aguentam esta forma cega de controlo do défice. Portugal, Grécia, Irlanda, Espanha, Bélgica e outros deviam aproveitar este momento de crise não para sacrificar e sufocar ainda mais as empresas e os rendimentos das famílias, mas para exigir um novo modelo de renegociação da dívida soberana, com juros mais justos e realistas. Senão vão de PEC em PEC até à bancarrota, com os mercados e os credores a mandar nos destinos nacionais. E compreendam que este é o único caminho, pois as famílias, os reformados, os pensionistas, os trabalhadores e os jovens não podem continuar a ser brutalmente sacrificados e esmagados na sua dignidade.

Concluímos pela análise dos gráficos que a situação do País está má. O texto de Rui Rangel é o reflexo do estado político em que nos encontramos.

 

Enquanto as votações forem como as de ontem, onde se deu prioridade à forma como o PEC 4 foi apresentado, deixando fora de análise o seu conteúdo, dificilmente construiremos um País mais justo e solidário. Dificilmente faremos PORTUGAL.

 

Amorim Lopes   

 

 

 

 

 

 

 

publicado por 59abc59 às 17:07

Terça-feira, 22 de Março de 2011

Da Junta de Freguesia de Envendos, recebemos o texto e as fotos que seguidamente publicamos, referentes a um Passeio Pedestre organizado pela C. M. Mação. É com todo o gosto que fazemos a publicação do que nos foi enviado.

 

A Junta de Freguesia de Envendos mostra-se muito satisfeita por poder acolher na nossa terra este grupo de participantes no passeio pedestre organizado pela Câmara Municipal de Mação. Trata-se de uma dupla satisfação: por um lado pelo facto da freguesia de Envendos ter sido escolhida como o local para a realização deste passeio e por outro, por termos assim todos oportunidade de apreciar em pleno as nossas deslumbrantes paisagens naturais de que é exemplo o magnifico Vale do Ocreza.

Expressamos assim o nosso agradecimento à Câmara Municipal de Mação pela eleição da freguesia de Envendos para a realização deste passeio e a todos os participantes por terem aderido ao convite e partilharem connosco este dia. É com muito gosto que os recebo aqui, desejando que possam sempre regressar para vivenciar toda a beleza natural que a nossa freguesia oferece.

Muito obrigada a todos e um bom passeio!

 

João Luís Pereira

 

Presidente Junta Freguesia de Envendos

 

 

 Amorim Lopes

publicado por 59abc59 às 15:43

Sexta-feira, 18 de Março de 2011

 Na madrugada de domingo de Páscoa tem lugar o último Terço, "Terço da Farinheira". Assim, como estamos na Quaresma e recordar é viver, nada melhor que relembrar o passado. Seguidamente publicamos um vídeo feito pelo nosso amigo Joaquim Diogo, com o qual procura dar vida ao último “ Terço da Farinheira “ de 2010. Ao realizador vão os nossos parabéns.

 

Amorim Lopes

 

publicado por 59abc59 às 19:57

Quarta-feira, 16 de Março de 2011

Como até ao momento o riso não paga imposto, então lá vai esta:

 

ÚLTIMA HORA: Lisboa tem novo Cardeal Patriarca

* A RÁDIO RENASCENÇA ESTÁ A NOTICIAR A GRANDE REVIRA VOLTA
NA

ESCOLHA DO SUCESSOR DE /D. JOSÉ POLICARPO/ PARA O CARGO DE
PATRIARCA DE**** LISBOA.

DESDE O PEDIDO DE RESIGNAÇÃO DO PRELADO, COMEÇARAM A
CIRCULAR OS

NOMES DOS 3 POTENCIAIS CANDIDATOS: *

* *D. MANUEL CLEMENTE, BISPO DO PORTO; *

* *D. CARLOS AZEVEDO, BISPO AUXILIAR DE LISBOA e *
* *D. ANTÓNIO MARTO, BISPO DE LEIRIA-FÁTIMA*

*

PORÉM, E POR PROPOSTA DA NUNCIATURA APOSTÓLICA, O PAPA

ACABA DE

NOMEAR PARA CARDEAL PATRIARCA DE LISBOA, **
**
D. LUIS FILIPE VIEIRA, BISPO DA LUZ.

/ OS ARGUMENTOS CANÓNICOS, SÃO DEMOLIDORES :/ *
*1.*****DIRIGE, HÁ SEIS ANOS, A MAIOR CATEDRAL DO PAÍS. *
*2. ********É O LÍDER DE 6.000.000 DE FIÉIS SEGUIDORES. *

*3.**********FALA, TODOS OS DIAS, COM JESUS,*

Autor Desconhecido

 

Amorim Lopes

publicado por 59abc59 às 11:45

Segunda-feira, 14 de Março de 2011

No dia 13 de Março de 2011 pelas 16,00 horas, no Cine -Teatro de Mação, realizou-se um espectáculo comemorativo do 16º Aniversário do “Grupo Cultural Os Maçaenses”. Com a sala quase lotado, o espectáculo decorreu em bom ritmo e bastante animação. Neste actuaram as secções da dança, teatro e cantares. No final, houve um lanche convívio no salão de festas de S. Miguel.

Seguidamente apresentamos dois vídeos, embora de uma forma muito amadora, procuramos mostrar o que foi o espectáculo. Como fazemos parte do grupo de cantares, foi impossível tirar fotos para referenciar a sua participação.

 

 

 

 

 

 

Amorim Lopes

 

publicado por 59abc59 às 20:32

Domingo, 13 de Março de 2011

 

 

 

 

 

Com organização da SCUTVIAS, no dia 12 de Março de 2011, no Cine-Teatro de Mação, realizou-se o VI Festival de Música da Beira – Interior, com a presença dos grupos, um do Conservatório de Música de S. José da Guarda e outro da Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco.

Numa noite sem chuva e temperatura amena, o público compareceu em número bastante reduzido, não ultrapassando ¼ da lotação da sala. Eram poucos mas bons. 

Seguem duas fotos e um vídeo do espectáculo. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amorim Lopes

publicado por 59abc59 às 09:51

Quarta-feira, 09 de Março de 2011

 

 

 

 

 

 

Rota Gastronómica da Lampreia 

Pegue em si e num grupo animado de amigos, junte uma viagem de comboio regional até à belíssima região de Belver, acrescente uma gastronomia rica em pratos típicos de lampreia e sirva a gosto. Boa Viagem e Bom Apetite!

De Fevereiro a Abril viaje com a CP até Belver, num programa especial para grupos a partir de 10 pessoas, composto por viagem de ida e volta em comboio regional, com 20% de desconto* incluindo a reserva para o almoço num dos restaurantes seleccionados:

Restaurante “A Lena” (Apeadeiro Barragem de Belver):
Refeição completa (Lampreia à discrição) - 30€
Refeição completa - 1 dose de Lampreia - 25€
Prato alternativo (Lombo assado) - 7€

Restaurante “O Castelo” (estação Belver-Gavião):
Todas as refeições incluem entrada, bebidas, sobremesa e digestivo
Refeição completa - 1 dose de Lampreia - 25€
Sável frito com açorda à pescador (dose) - 10€
Fritada mista de peixe do rio com açorda à pescador - 8€
Prato alternativo - Grelhada mista de carnes - 8€
Crianças até aos 12 anos - 8€
Transporte gratuito da Estação de Belver para o restaurante.

*Descontos não acumuláveis com outros em vigor.

A CP tenta prover Mação e Gavião ao incentivar as pessoas a vir a Belver e à Barragem de Ortiga comer Lampreia. O que tem feito a C. M. de Mação? Que os ventos mudem para mudar as vontades.

 

Amorim Lopes

 

 

publicado por 59abc59 às 12:32

Sexta-feira, 04 de Março de 2011

 

Dia 4 de Março de 2011, sexta-feira de Carnaval, a juventude de Mação veio para a rua. Com o desfile dos jovens, organizado pelos profissionais de educação a trabalhar na vila e com a colaboração dos encarregados de educação, Mação abandonou a sua quase constante pacatez, para viver por momentos, a alegria, a animação e a folia, que é habitual viver na quadra carnavalesca. Por momentos, todos nós esquecemos este mar picado, onde nos encontramos mergulhados acompanhados das agruras de uma vida tão agreste.  

 

 

 

 

 
 
                                                                                                                         

 

 

 

 

 

 

 Amorim Lopes

publicado por 59abc59 às 12:26

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

15
17
19

20
21
23
25
26

27
28
29


Últ. comentários
Caros e inesquecíveis amigos, Infelizmente não me ...
M/s caros amigos. Lamento não ter podido estar pre...
Não sei se gosto muito do vídeo, a letra da música...
Obrigada por partilhar este vídeo, gostei muito. C...
Esta iniciativa, é muito interessante, mas mais se...
Dia 28 de Jnho um dia igualmente importante, boa m...
Depois do Benfica ter feito o jogo perfeito em Lon...
Visão enformada pela cor clubista. O jogador que ...
É claro que «há água no bico» dos chineses. Querem...
Esta lenga-lenga do comunicado da autarquia dá von...
MAIL
amorimnuneslopes@sapo.pt
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro