E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

Quinta-feira, 31 de Maio de 2012

Portugal tem vivido e infelizmente viverá por mais alguns tempos uma forte recessão.

O desemprego que ronda os 15% não para de crescer. A fome é uma triste realidade, é um preocupante flagelo que muito nos atormenta.

O governo, para resolver a questão económica, teima em olhar quase em exclusivo para os cortes nas despesas esquecendo o crescimento económico. As classes, média e baixa, continuam a pagar a crise enquanto que, à alta pouco se exige. Os médios e altos quadros continuam a ganhar fortunas. Na Banca, assiste-se a negociatas constantes, onde os empréstimos só são concedidos a certos sectores. Na Assembleia da República, já se exige refeições com porco preto, perdiz, lebre e muitos outos luxos.

Para o Euro 2012, a selecção leva 23 jogadores e colaboradores nas mais diversas áreas são 24. No que respeita a gastos, o total da despesa diária atinge aproximadamente os 33 mil euros.

Ver o que de seguida apresentamos:

 

Euro 2012: Portugal é o campeão dos gastos

 

Espanha, campeã em título, é a que menos gasta no alojamento durante o torneio na Polónia e na Ucrânia.

 

A Seleção Portuguesa é a que mais vai gastar pelo alojamento durante o Euro 2012. A comitiva lusa pagará mais de 33 mil euros de diária pela estadia numa unidade hoteleira em Opalenica, na Polónia, que vai servir de quartel-general à equipa de Paulo Bento.

No lado oposto, como a Seleção que menos gasta, está a Espanha, campeã europeia em título, que desembolsará 4700 euros num hotel de Gniewino, que fica a poucos quilómetros de Gdansk, também na Polónia.

São dados recolhidos pelo jornal espanhol As. Confirme a lista completa elaborada pelo diário do país vizinho:

1 - Portugal - Opalenica - 33174 euros

2 - Rússia - Varsóvia - 30400 euros

3 - Polónia - Varsóvia - 24000 euros 

4 - Irlanda - Sopot - 23000 euros

5 - Alemanha - Gdansk - 22500 euros

6 - Rep. Checa - Wroclaw - 22200 euros

7 - Inglaterra - Cracóvia - 19000 euros

8 - Holanda - Cracóvia - 16200 euros

9 - Itália - Wieliczka - 10500 euros

10 - Croácia - Warka - 8300 euros

11 - Dinamarca - Kolobrzeg - 7700 euros

12 - Espanha - Gniewino - 4700 euros

 

RELVADO

 

Susana Valente

 

04 de Janeiro de 2012, às 17:02

 

 

 

Foto de Família

Domingo , 27 Maio 2012

Jogadores, equipa técnica e restante comitiva da Selecção Nacional que vai participar no Euro 2012 já tirou a habitual foto oficial em Óbidos.

Em cima, da esquerda para a direita:
Beto, Rolando, Hugo Viana, Hélder Postiga, Ricardo Costa, Pepe, Cristiano Ronaldo, Rui Patrício, Bruno Alves, Hugo Almeida, Miguel Lopes, Nélson Oliveira, Fábio Coentrão, Nani e Eduardo;

Ao centro, da esquerda paa  a direita:
Nuno Amorim (Oficial de Segurança PSP), José Dias (Oficial de Segurança GNR), Luís Ribeiro (Fisioterapeuta), Simão Ferreira (Fisioterapeuta), António Gaspar (Fisioterapeuta), Carlos Martinho (Enfermeiro), Ricardo Peres (Treinador de Guarda-Redes), Paulo Bento (Selecionador Nacional), Leonel Pontes (Treinador Nacional), João Aroso (Treinador Nacional), Sérgio Costa (Observador), Bruno Pereira (Técnico de Audiovisuais), Samuel Pedroso (Técnico de Audiovisuais), Francisco Nogueira (Organização), Hugo Vieira (Técnico de Equipamentos), António Costa (Técnico de Equipamentos) e Ricardo Regufe (Nike);

Em baixo, da esquerda para a direita:
Ricardo Quaresma, João Pereira, Custódio, Raúl Meireles, Bruno Henrique (Assessor de Imprensa), Onofre Costa (Assessor de Imprensa), João Pinto (Director FPF), Humberto Coelho (Vice-Presidente FPF), Carlos Godinho (Director Desportivo), Nuno Campos (Médico), Henrique Jones (Médico), João Moutinho, Miguel Veloso, Rúben Micael e Varela.

 

É com atitudes como as que acabámos de relatar, que o Povo ganha ânimo para enfrentar a má situação em que vivemos? Nós entendemos que não!

Estamos esperançados que as mudanças surgirão e melhores dias virão.

Amorim Lopes

 

 


 

 

publicado por 59abc59 às 13:15

Segunda-feira, 28 de Maio de 2012
 
 

 

 

Estamos a menos de quinze dias do início do Euro 2012 e em certos casos, até parece que ainda faltam muitos meses.

 

 


Como é diferente a forma de sentir e viver Portugal.

 

Amorim Lopes

publicado por 59abc59 às 19:39

Domingo, 27 de Maio de 2012

No dia 26 de Maio de 2012, realizou-se o já habitual convívio da C. Caç. 5043, que este ano teve o cheiro achaparrado de Castelo de Vide.

O dia começou com a concentração no jardim junto à CGD. Seguiu-se uma visita guiada à zona histórica, com passagem por algumas vielas que nos levaram ao castelo, à sinagoga/ museu, que nos prova e mostra que os Judeus viveram nesta vila alentejana.

A terminar a manhã cultural, vivida por todos nós em harmonia e salutar convivência, pelas doze horas fomos recebidos pelo Presidente da Câmara no Salão Nobre.

Para os que têm medo das roturas musculares e antes dos

 

grandes esforços gostam de fazer os aquecimentos aconselháveis, na praça onde começámos a caminhada, havia ginástica ao ar livre.

Depois de queimar algumas energias, foi-nos servido um farto e bem confeccionado almoço no salão da Casa do Povo.

A terminar o dia de confraternização, em transporte posto à nossa disposição pela Câmara, fomos visitar a capela da Senhora da Penha e o seu miradouro, do qual tivemos a oportunidade de avistar uma tela maravilhosamente pintada.

A terminar, informamos que ficou estabelecido que, o convívio de 2013 será na cidade de Barcelos no dia 18 de Maio.

 Em nome de toda a companhia, agradecemos o trabalho dedicado, empenhado e laborioso, que o grupo organizador nos ofereceu, para levar a cabo o convívio que a todos nos encheu de satisfação.

 

 

Que a todos a saúde não falte, para podermos com a mesma alegria e boa disposição, estarmos presentes em Barcelos no próximo ano.

"Não há solidão mais triste do que a do homem sem amizades. A falta de amigos faz com que o mundo pareça um deserto."  

 

vídeo  1

 

 

 

vídeo  2

 

Amorim Lopes

 

publicado por 59abc59 às 23:37

Sábado, 26 de Maio de 2012

Ao recebermos o jornal Voz da Minha Terra, ficámos espantados com duas imagens:

 

 

Ficamos perplexos, por até ao momento, não termos conhecimento de que a Junta de Freguesia de Mação, estava a atender o público em novas instalações.

Fomos à Praça Gago Coutinho, junto à Torre do Relógio, nas antigas instalações da CGD, lá estava a porta aberta e pessoas a serem atendidas. Para

 

não ser uma caminhada só para aquecer, aproveitámos e tirámos umas fotos, que neste trabalho publicamos.

É uma pena que os nossos governantes locais, não tenham informado a população da mudança de instalações.

Quanto à sua inauguração, que foi feita na tarde do dia 18 de Maio, com a presença de um membro do Governo, ficava-lhes bem mobilizar a população. Será que os Maçaenses não merecem mais consideração? Será que a crise obriga a este procedimento?

Resta-nos a consolação, que com este trabalho, estamos a informar a população de que a Junta de Freguesia, abriu a porta ao atendimento numa nova morada que anteriormente referenciámos.

Quanto às novas instalações, fruto da requalificação das antigas instalações da CGD, achámo-las adequadas, espaçosas e com condições para receber condignamente

 

a população.

Quanto à escolha da localização, achamos a medida razoável. Não concordamos com a opinião de que o local foi

 

escolhido para dar mais vida à zona histórica. Então haverá alguma lógica, dar vida a uma zona que se encontra degradada, em ruinas e ao abandono?

Sabemos que Roma e Pavia não foram feitas num dia, mas também achamos que, o património histórico de Mação, merece ser mais acarinhado e preservado. A foto que apresentamos não deveria  existir.

 

 

Para finalizar e como mais vale tarde do que nunca, apelamos aos nossos governantes, para que a zona antiga da

 

vila seja mais acarinhada.

 

Amorim Lopes 

 

 

 
 

 

 

publicado por 59abc59 às 01:25

Sexta-feira, 25 de Maio de 2012

 


Hoje, ao navegar na Net, fomos à página do jornal Correio da Manhã, onde descobrimos dois textos que se interligam, que abordam a vivência Parlamentar na área da alimentação.

O primeiro texto, escrito por Paulo Pinto Mascarenhas e publicado em 8 de Dezembro de 2011, refere o que seguidamente publicamos:

Encher bem a barriga no Parlamento

Fomos espreitar os dois restaurantes de luxo que existem na Assembleia da República, mais a cantina e os bares. E revelamos os preços que se praticam.

Há dois restaurantes de luxo na Assembleia da República reservados a deputados e respectivos convidados. Por cerca de 10 euros por pessoa podem experimentar no almoço buffet, do restaurante do edifício novo do Parlamento, um belo arroz de tamboril com gambas e umas salsichas em couve lombarda. Mas tem também direito a uma mesa de fritos, a outra vegetariana, mais uma de doces e frutas ou de queijos. Tudo isto antecedido, se assim o entender, de uma bela sopa de cebola. Este é um menu normal, não é de dia de festa, mas sabendo que nem todos os deputados almoçam como deve ser, fomos ver os preços nos bares a que têm acesso e também na cantina, onde vão sobretudo os funcionários da casa.

Começando pela cantina, por apenas 3,80 € têm acesso a uma refeição completa, incluindo iguarias como um arroz de polvo - "malandrinho", como convém -ou à dieta de vitela simples, mais sonhos de peixe. Sopa de ervilha ou Juliana de legumes também constam da variada ementa.

Já nos bares de serviço, para uma refeição ligeira, o Correio indiscreto aconselha o belo prego, a bifana ou o hambúrguer da casa a apenas 1,01 €. Os croquetes também são em conta: 0,40 cêntimos cada um. Pode optar, é claro, por uma sandes mista a 0,66, ou em forma de tosta a 0,76. Tudo isto pode ser regado com uma cerveja a 0,55 ou uma mini a 0,40. Já percebeu porque é que eles engordam?

 

O segundo texto, datado 25 de Maio de 2012 e escrito por Raquel Oliveira/Sónia Trigueirão refere o seguinte:

 Assembleia da República

Perdiz, porco preto alimentado a bolota e lebre são alguns dos produtos exigidos pelo Caderno de Encargos do concurso público para fornecer refeições e explorar as cafetarias do Parlamento.

Das exigências para a confecção das ementas de deputados e funcionários constam ainda pratos com bacalhau do Atlântico, pombo torcaz e rola, de acordo com o documento a que o CM teve ontem acesso. O café a fornecer deverá ser de "1ª qualidade" e os candidatos ao concurso têm ainda de oferecer quatro opções de whisky de 20 anos e oito de licores. No vinho, são exigidas 12 variedades de Verde e 15 de tintos alentejanos e do Douro.

É também especificado que o mesmo prato não deve ser repetido num prazo de duas semanas. O Caderno de Encargos do concurso, que termina em Junho, estabelece que a qualidade dos produtos vale 50%, o preço 30% e a manutenção 20%.

 

Num País, onde o desemprego aumenta diariamente e a fome, é um flagelo que estende os seus tentáculos cada vez mais a um maior número de famílias, também há a coragem, no Parlamento, de se exigir uma alimentação de luxo, paga a preços populares.

A ser verdade o que foi publicado pelo Correio da Manhã e que acabamos de apresentar, é matéria que repudiamos. O Povo a passar enormes sacrifícios, a ficar cada vez mais pobre e em muitíssimos casos o passar fome, no Parlamento, os que se dizem representantes do povo, comem como Lordes e pagam como carecidos.

Toma lá que és democrata!

Uns apertam o cinto, outros procuram alarga-lo. Por este andar, será que há alguém que ainda tem confiança nos políticos? Eu não!   

Amorim Lopes

publicado por 59abc59 às 18:08

Sábado, 19 de Maio de 2012

O Semanário o “Sol” publicou, nesta sexta-feira, uma notícia na qual se lê que: “O DCIAP e a Inspecção Tributária prenderam ontem os líderes da maior rede de evasão fiscal e de lavagem de dinheiro até hoje apanhada em Portugal. Operava a partir da Suíça, aproveitava o BPN de Cabo Verde e é usada por empresários, advogados e políticos, como Duarte Lima. Os valores em causa são astronómicos.”

Mais se pode ler que: “Entre os portugueses que utilizavam os serviços da rede encontram-se empresários, advogados e alguns políticos, como Duarte Lima.”

Por fim, é referido que: “Além destes três indivíduos, foi também preso um intermediário português, que aparentemente vivia da exploração de uma loja de medalhas, de onde lhe vinha a alcunha de ‘Zé Medalhas’. Os arguidos começam hoje a ser ouvidos pelo juiz Carlos Alexandre, do Tribunal Central de Instrução Criminal.”

Mais uma vez o Juiz Carlos Alexandre tem nas suas mãos um caso de elevada importância no mundo da fraude.

Estamos certos que vai usar toda a sua capacidade e inteligência, como foi apanágio em casos anteriores, para que a justiça possa mais uma vez sair dignificada e a ser escrita com “J”.

Estamos seguros que o Juiz Carlos Alexandre, tudo fará para que os criminosos sejam identificados e punidos, conforme o que a lei determinar.

Não é homem de vinganças, não é oportunista mas, sim, caminha sem hesitação sempre à procura da verdade que lhe possa permitir cavar com a enxada que o povo lhe deu - a verdadeira Justiça, que ajudará a agitar as bandeiras da liberdade, da paz e da igualdade.

Ao nosso amigo Carlos Alexandre, desejamos que a força e a saúde nunca lhe faltem para poder enfrentar o árduo caminho que tem pela frente.

Das altas esferas do Poder e da Política nunca teve uma palavra de apoio e de estímulo. Do Povo que um dia o viu nascer, terá todo o fermento necessário, para o ajudar a fazer Portugal.  

Portugal é um rectângulo cheio de problemas bicudos, discutidos numa mesa redonda, por aventesmas quadradas. 

 

Abordagem da RTP ao caso “Lavagem de dinheiro: fraude de mil milhões” Jornal da Tarde

VÍDEO

 

Abordagem da TVI ao caso “Lavagem de dinheiro: fraude de mil milhões”

Entrevista de Manuel Luís Goucha à jornalista do Sol, Felícia Cabrita.

VÍDEO

 

Amorim Lopes 

 

 

 

 

   

publicado por 59abc59 às 12:02

Sexta-feira, 18 de Maio de 2012

De Mação, pelas 7,00 horas da manhã do dia 13 de Maio, um grupo de amigos, unidos pelo gosto do convívio e a vontade de desbravar novos horizontes, viajaram até à zona de Águeda e Aveiro, em autocarro, com lotação esgotada, de 53 lugares.

Sobre a visita, já fizemos o relato em Post anterior, motivo pelo qual, nós neste trabalho nos limitamos a publicar um 2º vídeo que acabámos de preparar.

VÍDEO

 

Amorim Lopes 
publicado por 59abc59 às 18:15

Quinta-feira, 17 de Maio de 2012

Hoje, começamos com a publicação de um vídeo, no qual Passos Coelho afirma, o que viria a fazer se um dia governasse o País.

 

Foram promessas e mais promessas, desenhadas e emolduradas por palavras que um dia o vento levou.

Foram promessas que agora não são concretizadas. Os impostos sobem, a fome aperta, o desemprego atinge os 15% com perspectivas de aumentar, a qualidade da saúde cai para um nível Europeu no qual, os países de Leste, são os únicos abaixo de nós.

Na cidade de Coimbra, as urgências nocturnas do Hospital dos Covões são encerradas e, em contrapartida, hoje um mega hospital privado abre as portas ao público com serviço de atendimento permanente.

Somos um País, que fomos e estamos a ser governados por políticos que não nos merecem confiança. A nau, em que nos encontramos, é comandada por um mestre insensível às adversidades e que tem a coragem de afirmar: “despedir-se ou ser despedido não tem de ser um estigma” mas sim uma  “oportunidade de mudança”.

Ser agricultor é uma forma de empobrecer alegremente!  Em Portugal, Cidadão com um “C”, é trabalhar honestamente sem animosidade, ser-se tristemente pobre mas familiarmente rico até morrer e estar constantemente a  ver corruptos, homens sem escrúpulos e oportunistas a fazer o que bem entendem.

 

Como diz Emídio Rangel, no texto que seguidamente publicamos, uns comem caviar e banham-se em perfumes e outro suportam a canga dos sacrifícios.  

Estamos à beira do abismo: com este andar, será que nos obrigam a dar um passo em frente?

Nós, tudo faremos, para que um dia radiante jamais se transforme numa noite tormentosa!  

 

 

Vergonha nacional

 

 

"Este é o País das Excepções. Afinal, o pagamento da crise não é igual para todos. Os cortes são só para alguns. Os senhores que comem caviar, que se banham em perfumes, que se passeiam de Bentley e jogam golfe não podem ser prejudicados nas suas vidinhas. Era descaramento a mais do Governo tratar todos de forma igual.

 

Rapazes bens cheirosos, charmosos e de porte elegante merecem o estatuto de excepção. É justo. Os que vieram ao mundo para sofrer e suportar a canga dos sacrifícios é que devem pagar a crise. Pensar de outra forma é revelador de inveja, sentimento mais mesquinho do indivíduo. E se refilarem, porrada neles.

 

Com o fim do colonialismo, em que tínhamos brancos e negros, agora temos brancos de primeira, segunda e terceira categorias. É a estratificação social mais adequada e proporcional à importância do custo e do cheiro do perfume de cada um. É assim que está o País, cheio de gente que luta sem esperança. Tiram-lhes tudo sem sequer pedir licença. E todos consentem no silêncio do sofrimento.

 

Para além do estatuto de excepção, o Governo criou uma espécie de apartheid social. Obrigar os homens do caviar a conviver, no mesmo espaço social, com gente que nada tem, mal nutrida e que não é solidária com o estatuto de excepção é de uma violência sem limites e piedade. Só a razão pública pode potenciar a criação de sociedades menos injustas.

 

Governar é fazer escolhas. As escolhas foram feitas e a lista dos privilegiados, que gozam deste estatuto de excepção, tem crescido.

 

No Orçamento para a Assembleia da República, aprovado por todos os partidos, os deputados e os funcionários da AR mantêm os subsídios de férias e de Natal em 2012; à semelhança do que se passa na TAP Portugal, para a SATA, para a CGD e para o Banco de Portugal.

 

Reparem bem: este ano, o Governo autorizou vinte e três empresas e institutos públicos a terem regras mais abertas e flexíveis no que toca às reduções salariais, quer dos trabalhadores, quer dos gestores. Os principais beneficiários das excepções são os administradores de empresas públicas, que levaram muitas delas à ruína financeira.

 

A lista está a crescer não na medida das necessidades, mas da ganância: CTT, NAV, ANA, Parque Expo, Instituto Nacional de Estatística e Infarmed…

 

Haja decoro! Nenhuma razão pública justifica esta afronta de excepção na não partilha dos sacrifícios.

 

É muito injusta a sociedade que estamos a criar."

 

Por:Rui Rangel, Juiz Desembargador

 

Amorim Lopes

 

 

 

publicado por 59abc59 às 16:06

Segunda-feira, 14 de Maio de 2012

De Mação, pelas 7,00 horas da manhã do dia 13 de Maio, um grupo de amigos, unidos pelo gosto do convívio e a vontade de desbravar novos horizontes,

viajaram até à zona de Águeda e Aveiro, em autocarro, com lotação esgotada, de 53 lugares.
Depois de tomar o pequeno-almoço perto de Penela, no Café “O Pastor”, o grupo rumou até às Caves Aliança onde fez uma visita guiada, terminando manhã em Águeda no restaurante o “Papa Tudo”.
Durante a tarde, visitámos perto de Aveiro a Costa Nova e já no centro da cidade, houve oportunidade de saborear e comprar os “Ovos-moles”.
Por fim, o pano começou a cair num parque de merendas localizado na A1, perto

da Mealhada, no qual houve a oportunidade de fazer a partilha das merendas e avinhar a questão, provando vários vinhos do nosso concelho.
Durante a viagem, o fado esteve bastantes vezes presenta e até, as pequenas peripécias protagonizadas pelos sempre bem-dispostos irmãos de “Baco”, estiveram presentes.
Segue publicação de fotomontagem da viagem.

VÍDEO

Amorim Lopes 
publicado por 59abc59 às 19:18

Sábado, 12 de Maio de 2012

Desde que o apagão da TV surgiu, Mação começou a ter problemas no seu visionamento. Presentemente ver televisão – TDT, só das 11 Horas até às 20 Horas.
Nós já enviámos dois Mail, nos dias 30 de Abril e 10 de Maio para a ANACOM, informando dos problemas que temos em ver TV e simultaneamente, mostrámos a nossa insatisfação pela forma como estamos a ser servidos. Será que por ser um Concelho do interior, já temos direito à marginalização? Ou estão a trabalhar para as pessoas aderirem a uma TV a pagar?
Completamos esta abordagem à TDT, com a publicação do manifesto feito pela Câmara Municipal de Mação, dirigido à ANACOM e assinado pelo vereador Dr. Vasco Estrela.

 

MUNICÍPIO DE MAÇÃO VOLTA A MANIFESTAR DESAGRADO JUNTO DA ANACOM RELATIVAMENTE À COBERTURA TERRESTRE (TDT) NO CONCELHO DE MAÇÃO

 

Vem o Município de Mação manifestar o seu mais profundo desagrado pela forma inconcebível como a cobertura terrestre (TDT) está a verificar-se no nosso Concelho.
Desde o início que este processo se revelou penalizador para a maioria da população deste Concelho, situação que “obrigou” as entidades competentes a rever a cobertura para este território, conforme V.Exas referem no V/ email datado de 05/04/2012.
Apesar das intervenções levadas a cabo nas infraestruturas da PT em Mação, intervenções essas realizadas por pressão desta Autarquia, a cobertura no nosso Concelho abrange somente 45% da população. A taxa mais baixa de toda a região!
Como se não bastasse esta realidade, a população deste Concelho que adquiriu os equipamentos adequados e recomendados pelos técnicos vê-se confrontada com um “apagão” desde as 20h00 até meio da manhã do dia seguinte. Esta situação tem ocorrido desde o dia 07 de maio. Não existem nem razões, nem justificações que possam ser imputadas à nossa população uma vez que seguiram as recomendações técnicas adequadas à sua situação concreta, como prova o facto de até ao referido dia não terem sucedido problemas de maior.
Face ao exposto, a Câmara Municipal de Mação solicita a melhor atenção relativamente a este assunto, com a urgência que o mesmo exige. Não podemos mais tolerar que a população deste Concelho seja sempre prejudicada com este processo, estando por isso dispostos a fazer valer os direitos, dentro dos enquadramentos legais, democráticos e institucionais adequados.
Neste sentido, ficamos a aguardar que V. Exas digam o que tiverem por conveniente e permitindo-nos encaminhar desde já esta posição da Câmara Municipal de Mação ao Senhor Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares e à Comunicação Social.

Com os melhores cumprimentos,

 

O Vice-Presidente da Câmara Municipal
Vasco António M. S. Estrela

publicado por 59abc59 às 12:52

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
15
16

20
21
22
23
24

29
30


Últ. comentários
Caros e inesquecíveis amigos, Infelizmente não me ...
M/s caros amigos. Lamento não ter podido estar pre...
Não sei se gosto muito do vídeo, a letra da música...
Obrigada por partilhar este vídeo, gostei muito. C...
Esta iniciativa, é muito interessante, mas mais se...
Dia 28 de Jnho um dia igualmente importante, boa m...
Depois do Benfica ter feito o jogo perfeito em Lon...
Visão enformada pela cor clubista. O jogador que ...
É claro que «há água no bico» dos chineses. Querem...
Esta lenga-lenga do comunicado da autarquia dá von...
MAIL
amorimnuneslopes@sapo.pt
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro