E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2013

Não são imagens próprias das manifestações pré-eleitorais.

Não são imagens relativas aos momentos alegres e entusiásticos, habitualmente vividos após as vitórias eleitorais.

Pelo contrário, é um vídeo que nos mostra o ambiente vivido na Faculdade de Direito, quando da participação do Dr. Passos Coelho, num debate organizado pela JSD. As imagens são bem demonstrativas de quão é o descontentamento estudantil com a situação que se vive.

É o reflexo dos dramáticos momentos que quase todos nós vivemos

Portugal vai voltar a sorrir!

VÍDEO

 

Amorim Lopes 

 

 

publicado por 59abc59 às 15:33

Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2013

No passado dia 21 de Fevereiro, um grupo de quase 50 almas, todas elas unidas pelo amor que têm e continuam a ter por Mação, num jantar/convívio no Santarém Hotel, reuniram-se, pondo à prova a sua alegria e a amizade que os continua a unir.

 

 

O convívio foi bastante animado, bastante salutar, com uma ementa bastante variada e do agrado da maioria.

Com o decorrer da noitada, a língua ficou um pouco desenferrujada, com uma conversa que deambulou pela vivência pessoal e pelas realidades do nosso concelho.

Na generalidade, todos chegaram a uma conclusão: “Todos estavam um pouco mais usados”

Para os organizadores, vão os nossos parabéns e os agradecimentos, pelo magnífico evento que colocaram ao dispor de todos nós.

 

 

Que a força e a saúde nunca nos falte, para que por muitos anos, semelhantes encontros continuem a ser uma realidade.

A terminar, vamos publicar um vídeo, onde procuramos mostrar a grande vocação que a maioria tem para representar e divulgar, parte de uma música recolhida por Francisco Serrano: “As Saias”

VÍDEO

 

Amorim Lopes 

 

 

publicado por 59abc59 às 20:05

Sábado, 23 de Fevereiro de 2013

 


José Afonso morreu a 23 de Fevereiro de 1987. Faz hoje 26 anos que fisicamente nos deixou, mas continua e continuará presente nos corações de muitos Portugueses.

 Zeca utilizou a cantiga como arma, para transformar Portugal, numa Nação onde houvesse mais liberdade, mais igualdade, mais justiça, mais solidariedade e amizade entre todos nós. Com as suas canções, espalhou o fermento, que deu força e incentivou os Capitães de Abril, a concretizar o movimento libertador. Com a sua música e voz inconfundível, ajudou a cortar a amarra, que mantinha o povo oprimido. Com muita arte, empenho e dedicação, ajudou a fazer Portugal.

Com este trabalho, pretendemos lembrar e em simultâneo de uma forma simples, homenagear o músico, poeta e cantor, que enquanto teve forças, tudo fez para ajudar a construir um Portugal livre e mais justo.

Zeca Afonso, já debilitado fisicamente, cantou pela última vez no Colise a 29 de Janeiro de 1983.

“Águas passadas do rio

Meu sono vazio

Não vão acordar

Águas das fontes calai

Ó ribeiras chorai

Que eu não volto a cantar”

A terminar, apresentamos um vídeo, feito pelo nosso amigo e grande Maçanico Júlio Pires, com imagens inéditas do funeral de José Afonso.

VÍDEO

 

Amorim Lopes 

 

 

 

publicado por 59abc59 às 00:10

Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2013

Na área da Diocese de Portalegre e Castelo Branco, está a fechar uma empresa por dia. Fruto de tamanha injusta catástrofe económica, a Cáritas da zona, está a ficar sem recursos para poder valer às muitas necessidades existentes e que diariamente vão aumentando.

Mas para onde é que o Pais está a descambar?

Já vai sendo tempo de mandar para o lado as mantas, acordar, tomar o comboio da mudança e mudar as agulhas na direcção de outras realidades.

Depois destas palavras pela negativa, viremo-nos agora para o positivo.

Joana Vasconcelos, uma escultora portuguesa nascida em França, a viver e a trabalhar presentemente em Lisboa, lentamente vai abraçando o mundo, expondo os seus numerosos e variados trabalhos em locais famosos, sempre com enorme aceitação.

Já expôs no Japão, Brasil, Espanha, França, Itália, Inglaterra e mais alguns países que agora não nos lembramos.

Em França, a sua exposição foi apresentada no Palácio de Versalhes, local onde até ao momento, as mulheres não tinham conseguido expor trabalhos.

Aproveitamos para informar, que a sua próxima exposição vai ter lugar em Veneza, na Bienal de Arte Contemporânea. Para concretizar a sua manifestação cultural, vai utilizar o cacilheiro “Trafaria Praia” no qual os seus trabalhos serão expostos.

Por último, informamos que alguns dos seus trabalhos foram leiloados em Londres por montantes que superaram os 190 mil Euros.

 

 


É obra!

 A terminar, publicamos um vídeo, no qual apresentamos 51 fotos de alguns dos trabalhos de Joana Vasconcelos, que serão abraçadas pela música e poesia de Abrunhosa e a voz doce e melodiosa de Ana Moura.

As últimas 16 imagens são do Palácio de Versalhes.

O vídeo, foi feito com a intenção de cruzar os sucessos alados de Joana Vasconcelos e Ana Moura, enleando-os com a música e poesia do Fado Alado de Pedro Abrunhosa.  

VÍDEO

 

Amorim Lopes

 


publicado por 59abc59 às 12:48

Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2013

Na semana passada, Passos Coelho quando se preparava para falar no Parlamento, foi interrompido ao som da Grândola Vila Morena, entoada por populares que se encontravam no interior da Assembleia da República.

Em Espanha, esta canção também começa a ser usada pelo povo, para mostrar o seu descontentamento, pelas medidas que  governo vai tomando.

A crise vai alastrando por toda a Europa.

Entre nós, ontem e hoje, foi a vez de Miguel Relvas entrar no baile. Efectivamente, o Ministro foi vaiado em Gaia e no ISCTE em Lisboa e brindado com o hino da nossa revolução, ao som da qual tentou afinar a garganta.

VÍDEO

 

Depois de vermos o vídeo leva-nos a fazer as perguntas:

O que mais será necessário, para o Governo fazer uma remodelação mais profunda ?

O que vai acontecendo, não será suficiente para o Presidente da República tomar uma atitude?

Com a fome a aumentar, a pobreza a subir, as injustiças cada vez mais a inundar o país, começamos a temer que as manifestações se tornem mais enérgicas e com uma certa violência à mistura.

Esperamos estar errados!

 

Amorim Lopes

publicado por 59abc59 às 11:30

Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2013

Hoje, a SIC no seu Jornal da Noite, fez uma retrospectiva sobre a canção do José Afonso, Grândola Vila Morena, que ao ser entoada na madrugada de 25 de Abril de 1974, pôs em marcha a revolução que nos  abriria as portas da liberdade.

Passadas quase quatro décadas, volta novamente a mesma canção a ser cantada, agora para estimular o Povo, a unir esforços, na tentativa de se livrar das garras da Tróica.

Grândola ao ser novamente entoada, é um grito de revolta, contra a vida de fome, miséria e injustiça, que a maioria da população está enfrentando.

O hino da liberdade, frequentemente entoado entre nós, como sinal de descontentamento e inconformismo, começa a ser usado, com o mesmo significado, em Espanha e outras partes do Mundo.

Do trabalho apresentado pela SIC, publicamos seguidamente o respectivo vídeo

VÍDEO

Amorim Lopes
publicado por 59abc59 às 01:08

Sábado, 16 de Fevereiro de 2013

“Construí amigos, enfrentei derrotas, venci obstáculos, bati na porta da vida e disse-lhe: Não tenho medo de vivê-la.” De Augusto Cury Sim!

Enfrentaste a vida com coragem, angariaste amigos, foste um trabalhador zeloso. Pela cultura e causa religiosa, deste tudo o que a vida permitiu. Como Maçanico, foste um exemplo a seguir. És uma estrela a brilhar no céu, com uma presença entre nós muito breve. Doaste-nos uma obra que não morrerá.

 José,

“repousa lá no céu eternamente”. Para a tua família, desejamos que a saúde não lhe falte e rapidamente, ganhe a força necessária para se erguer do drama em que esteve mergulhada. Terminamos, com uma pequena homenagem, que é a publicação de um vídeo que acabámos de fazer, cortejo fúnebre, que espelha bem o grande Maçanico que foste.

VÍDEO

Amorim Lopes
publicado por 59abc59 às 17:29

Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2013

Foi com enorme surpresa, mas com grande satisfação, que hoje, na Assembleia da República ouvimos cantar Grândola Vila Morena por um grupo de anónimos.

Estamos certos, que não eram senhores economicamente bem nutridos, com bons relacionamentos na alta esfera económica e política, nem com alta sapiência no mundo da corrupção.

Era gente, que sente na pele as dificuldades da vida, que enfrenta a fome e a miséria e muitos deles, forçados a conviver com o desemprego.

São pessoas que trazem a fervilhar no coração o espírito de Abril.

É gente que perfuma a alma com a essência emanada pelos vermelhos cravos, com sede de mais justiça, mais igualdade, menos fome e mais solidariedade.

Eram Portugueses, que cantando o hino que nos ajudou a abrir as portas da "pidesca prisão", estavam a dizer não ao governo da fome, da injustiça, da miséria e da caridadezinha.

Cantavam para dizer não a um governo de privilégios, de favores a gente endinheirada e de subjugação aos altos interesses económicos.

Depois de José Afonso ser lembrado na Assembleia, resta-nos a esperança, de ver Portugal a mudar de rumo e renascer, como terra da fraternidade e igualdade. 

 

VÍDEO

Amorim Lopes
publicado por 59abc59 às 19:33

Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2013

Chegou ao nosso correio, um Mail, que em anexo traz um trabalho, que procura mostrar acontecimentos, que à data, tiveram um certo impacto a nível mundial, uns pela positiva e outros pela negativa.

Como o saber não ocupa lugar e porque entendemos, que é sempre bom relembrar os acontecimentos que pelo bom e pelo mau, despertaram a atenção do Mundo, é que seguidamente publicamos o trabalho que anteriormente por nós foi referido.

Aconselhamos a ver as imagens em ecrã completo.

Para o autor da obra vão os nossos agradecimentos.

VÍDEO

publicado por 59abc59 às 15:49

Sexta-feira, 08 de Fevereiro de 2013

 

Dia 8 de Fevereiro de 2013, sexta-feira de Carnaval, a juventude de Mação veio para a rua.

Com o desfile dos jovens, organizado pelos profissionais de educação a trabalhar na vila e com a colaboração dos encarregados de educação, Mação abandonou a sua quase constante pacatez, para acordar por momentos, com a alegria, a animação e a folia, que é habitual viver-se na quadra carnavalesca.

Por momentos, todos nós esquecemos este mar picado onde nos encontramos mergulhados. A felicidade bateu-nos à porta por uns instantes.

VÍDEO

Amorim Lopes

 

 

publicado por 59abc59 às 20:04

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14

17
19
21

24
26
27


Últ. comentários
Caros e inesquecíveis amigos, Infelizmente não me ...
M/s caros amigos. Lamento não ter podido estar pre...
Não sei se gosto muito do vídeo, a letra da música...
Obrigada por partilhar este vídeo, gostei muito. C...
Esta iniciativa, é muito interessante, mas mais se...
Dia 28 de Jnho um dia igualmente importante, boa m...
Depois do Benfica ter feito o jogo perfeito em Lon...
Visão enformada pela cor clubista. O jogador que ...
É claro que «há água no bico» dos chineses. Querem...
Esta lenga-lenga do comunicado da autarquia dá von...
MAIL
amorimnuneslopes@sapo.pt
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro