E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

Quarta-feira, 07 de Setembro de 2011

 

Dia sorridente com sol a brilhar. Repentinamente, uma nuvem negra abraça os nossos corações. Faz hoje 11 anos que partiste para o Além, mas continuas

dentro de nós, a fortalecer e a aquecer nossos corações. Vais nos dando, parte da energia necessária à dinâmica da vida. Continuas a ser a seta, que nos indica o caminho, que nos levará a um

mundo melhor, mais justo, mais amigo, mais humano e mais solidário.

 

Noites houveram, já deitados, que estendemos a mão, só encontramos um imenso vazio. Não te encontrámos, mas tu continuas a ter uma morada dentro dos nossos corações. Partiste cedo demais, mas deixaste bem gravada a tua presença entre nós.

 

Obrigado, pela filha carinhosa e amiga que sempre foste. Obrigado, pela mãe que foste, que tão bons caminhos, indicaste aos teus filhos. Hoje os teus olhos brilhariam de satisfação, pela forma orientada, dedicada e trabalhadora, com que atingiram as metas desejadas. Obrigado, pela esposa amiga, fiel, dedicada, trabalhadora e boa conselheira. Obrigado, pela educadora dedicada, amiga e profissionalmente cumpridora, que procurou enriquecer em conhecimentos, educação e cultura, a juventude que tiveste em tuas mãos. Obrigado, por teres entre os colegas, granjeado tanta amizade. Obrigado, pela catequista carinhosa, amiga e boa conselheira, que sempre foste. Obrigado, por tudo o que de bom, não tenha sido referido.

 

Faz hoje 11 anos,

que partiste deste mundo, pelo qual lutaste, para que fosse justo, amigo e solidário. Pelo qual lutaste, para que a paz e união entre os homens, fosse realidade.

 

Faz hoje 11 anos, que fisicamente nos deixaste, mas continuas dentro dos corações, da família

unida que criaste e que igualmente unida se mantém.

 

- Paz e harmonia: eis a verdadeira riqueza de uma família

 

- O que é uma família senão o mais admirável dos governos?

 

- As famílias felizes parecem-se todas; as famílias infelizes são infelizes cada uma à sua maneira

 

Com a intenção de recordarmos, de uma forma simples, tudo o que foste, a família que formaste e apelarmos, a todas as outras famílias, que nunca se esqueçam do amor, fidelidade, sinceridade, entreajuda e lealdade entre si, é que seguidamente, publicamos o vídeo, com a música “Oração pela Família”.

VÍDEO

Amorim Lopes 

 

 

 

 

 

 

publicado por 59abc59 às 12:07

De teresa laia a 8 de Setembro de 2011 às 17:13
Simplesmente fantástico! É mesmo à Amorim Lopes :-)
Pode continuar... Ficamos à espera de uma visita sua!!!


mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

14
15
17

18
19
22

27
28
30


Últ. comentários
Caros e inesquecíveis amigos, Infelizmente não me ...
M/s caros amigos. Lamento não ter podido estar pre...
Não sei se gosto muito do vídeo, a letra da música...
Obrigada por partilhar este vídeo, gostei muito. C...
Esta iniciativa, é muito interessante, mas mais se...
Dia 28 de Jnho um dia igualmente importante, boa m...
Depois do Benfica ter feito o jogo perfeito em Lon...
Visão enformada pela cor clubista. O jogador que ...
É claro que «há água no bico» dos chineses. Querem...
Esta lenga-lenga do comunicado da autarquia dá von...
MAIL
amorimnuneslopes@sapo.pt

blogs SAPO


Universidade de Aveiro