E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

Terça-feira, 22 de Novembro de 2011

O final de Outubro e o mês de Novembro, é o momento que a maior parte do bom Maçanico, escolhe para apanhar a azeitona. Este ano, para não fugir

 

 à regra, foram em bastante número, os que gastaram uns diazitos, para apanhar o negro fruto e assim, levar para casa uns litros de azeite. A produção foi boa, a azeitona de boa qualidade, com bastante azeite, de uma forma geral, com produções superiores aos 12%. O azeite tinha bom paladar e a acidez bastante

 

baixa. Pena foi, terem ficado bastantes oliveiras com a azeitona na rama.

Por não termos tido tempo de captar imagens do que acabámos de referir, seguidamente, para relembrar tempos passados, vividos noutras paragens do nosso Portugal, publicamos um vídeo que encontramos no You Tube.

VÍDEO

 

Pelo amor que sentimos ao concelho de Mação, terminamos o nosso trabalho, com um vídeo que mostra um lagar com tecnologia antiga, em Ortiga, em que o proprietário é o senhor Machado e o autor do vídeo o senhor Arlindo Marques.

A ambos, que a vida vos sorria constantemente e vos traga muita força, para continuar o trabalho por muitos anos.

 

Amorim Lopes 

 

 

 

publicado por 59abc59 às 17:48

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

13
16
17
19

21
23
24
25
26

30


Últ. comentários
Caros e inesquecíveis amigos, Infelizmente não me ...
M/s caros amigos. Lamento não ter podido estar pre...
Não sei se gosto muito do vídeo, a letra da música...
Obrigada por partilhar este vídeo, gostei muito. C...
Esta iniciativa, é muito interessante, mas mais se...
Dia 28 de Jnho um dia igualmente importante, boa m...
Depois do Benfica ter feito o jogo perfeito em Lon...
Visão enformada pela cor clubista. O jogador que ...
É claro que «há água no bico» dos chineses. Querem...
Esta lenga-lenga do comunicado da autarquia dá von...
MAIL
amorimnuneslopes@sapo.pt

blogs SAPO


Universidade de Aveiro