E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

Domingo, 15 de Julho de 2012

 

Não é só exigir, convém que todos nós sejamos um pouco mais colaborantes com a Câmara Municipal e sempre que, esta educadamente algo nos proponha, nós dentro das nossas possibilidades, deveremos procurar cumprir com o solicitado.

 

 

Infelizmente, não é o que as fotos mostram. São fotos tiradas às 15 Horas, que já não têm a importância das 9 horas, quando o parque de estacionamento estava com alguns carros, mas com espaço suficiente para os tractores lá poderem estar.

Quanto à feira, a do 3ª Domingo de Julho, com divulgação feita pela Câmara Municipal, esta teve uma afluência popular muitíssimo reduzida e a presença de vendedores não deveria ter ultrapassado as duas dezenas.

No meio da acalmia que ornamentou o habitual sossego da nossa terra, concluímos que não há dinheiro para comprar e para vender, os feirantes estão a comparecer em número mais reduzido.

É um País que se encontra anestesiado e a baloiçar entre a morte e o crescimento económico.

Que o remédio que nos foi aconselhado a utilizar, rapidamente nos dê uma economia mais vigorosa.  

 

 

 

Amorim Lopes 

 

publicado por 59abc59 às 19:24

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13

16
20

22
23
25

29
31


Últ. comentários
Caros e inesquecíveis amigos, Infelizmente não me ...
M/s caros amigos. Lamento não ter podido estar pre...
Não sei se gosto muito do vídeo, a letra da música...
Obrigada por partilhar este vídeo, gostei muito. C...
Esta iniciativa, é muito interessante, mas mais se...
Dia 28 de Jnho um dia igualmente importante, boa m...
Depois do Benfica ter feito o jogo perfeito em Lon...
Visão enformada pela cor clubista. O jogador que ...
É claro que «há água no bico» dos chineses. Querem...
Esta lenga-lenga do comunicado da autarquia dá von...
MAIL
amorimnuneslopes@sapo.pt

blogs SAPO


Universidade de Aveiro