E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2015

Recebemos na nossa mesa de trabalho um texto escrito pelo Professor Universitário Carlos Paz, que pela sua atualidade, natureza das ideias expressas e da clareza e frontalidade do autor, com quem concordamos, vamos seguidamente fazer a sua publicação, possibilitando assim a sua análise e reflexão.  

 

Capturar.PNG

 

ACORDEM PORRA!

Vivemos num MUNDO DE LOUCOS!

Somos geridos por um conjunto de políticos profissionais e funcionários superiores que se regem por princípios INDIGNOS.

São pessoas para quem a sua agenda pessoal (de poder e financeira) se sobrepõe a tudo e a todos:
- Vendem, em cada instante, a sua opinião a quem mais pagar para a sua campanha eleitoral seguinte;
- Facilitam os negócios e os lucros de quem lhes assegurar o futuro (na política e nos negócios);
- Fingem-se cegos por princípios ideológicos para beneficiar aqueles que lhes pagam a redoma de luxo em que vivem (casas, carros, motoristas, refeições de luxo, viagens de luxo, prendas de luxo, hotéis de luxo, festas de luxo, etc…).

São essencialmente CORRUPTOS.
São essencialmente INDIGNOS.
São essencialmente VENDIDOS.
São essencialmente CRÁPULAS.

Não têm quaisquer princípios morais em toda a sua atuação. Todas as suas atitudes, opções e decisões são tomadas em favor dos que os sustentam, sem qualquer respeito pelas outras pessoas.

Sabem (SABEM MUITO BEM) que todas as suas atitudes, opções e decisões têm um impacto significativo sobre a vida das pessoas:
- O desemprego;
- A miséria;
- O desencanto;
- A destruição do futuro;
- O medo do presente.

Poderia ser diferente? Poderia! Mas não é.

Muitos de nós sonhamos, um dia, que poderia ser diferente! Ontem (18 de Fevereiro de 2015) tivemos a prova do fim do sonho.

No mesmo dia, o Presidente da Comissão Europeia (Jean Claude Juncker) e o Ministro das Finanças Alemão (Wolfgang Schauble) falaram sobre a TROIKA e os Países intervencionados pela mesma.

De acordo com Juncker: “A TROIKA pecou contra a dignidade dos Portugueses e dos Gregos e, muitas vezes, mesmo dos Irlandeses”.

De acordo com Schauble: “Portugal é o melhor exemplo de que o programa da TROIKA é bom e funciona”.

Independentemente do RIDÍCULO das declarações de Juncker e da FALSIDADE das declarações de Schauble, o relevante é que as CONTRADIÇÕES destas declarações (feitas no MESMO dia, sobre o MESMO assunto) significam o fim de um SONHO!

É o fim de um sonho de uma Europa UNIDA, baseada na dignidade do ser Humano, sustentada na solidariedade social e orientada para a PAZ e prosperidade dos povos.

O problema é que somos geridos por um conjunto de políticos profissionais e funcionários superiores que se regem por princípios INDIGNOS.

São essencialmente CORRUPTOS, VENDIDOS e CRÁPULAS.

Mas o PIOR DE TUDO: São tudo isto, PORQUE NÓS (todos) DEIXAMOS que assim seja!

ACORDEM PORRA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


"A base da sociedade é a justiça; o julgamento constitui a ordem da sociedade: ora o julgamento é a aplicação da justiça".
 
Amorim Lopes

 

 

publicado por 59abc59 às 12:55

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
17
18
21

22
26
27


Últ. comentários
Caros e inesquecíveis amigos, Infelizmente não me ...
M/s caros amigos. Lamento não ter podido estar pre...
Não sei se gosto muito do vídeo, a letra da música...
Obrigada por partilhar este vídeo, gostei muito. C...
Esta iniciativa, é muito interessante, mas mais se...
Dia 28 de Jnho um dia igualmente importante, boa m...
Depois do Benfica ter feito o jogo perfeito em Lon...
Visão enformada pela cor clubista. O jogador que ...
É claro que «há água no bico» dos chineses. Querem...
Esta lenga-lenga do comunicado da autarquia dá von...
MAIL
amorimnuneslopes@sapo.pt

blogs SAPO


Universidade de Aveiro