E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

Segunda-feira, 03 de Fevereiro de 2014

“À Mesa em Mação – Carta Gastronómica” foi distinguido pela Academia Internacional de Gastronomia, que em Assembleia realizada recentemente em Paris, premiou o trabalho como melhor livro na área da Literatura Gastronómica.

A Obra, foi distinguida com tão honroso prémio, por ter impressionado “os jurados pela profundidade do estudo gastronómico-social-antropológico de grande valor científico e cultural”,

Para o Município de Mação, que teve a feliz ideia de iniciar a cinzelagem da tão rica escultura gastronómica e no final proceder à sua edição – Julho de 2012,

ao autor da obra – Armando Fernandes, que teve o engenho e a arte, suficiente, para esculpir o tão marcante compêndio da Literatura Gastronómica, a todos os que direta ou indiretamente colaboraram na concretização desta obra que foi sonho e agora é realidade, vão os nossos mui sinceros agradecimentos.

Segue texto publicado pela Academia Portuguesa de Gastronomia:

 

ACADEMIA PORTUGUESA DE GASTRONOMIA

 PRESS REALEASE

 A Academia Internacional de Gastronomia que reuniu a sua Assembleia Anual em Paris, acaba de comunicar os Prémios do Ano, que confere às pessoas ou entidades que mais se distinguiram na área da Gastronomia no plano internacional.

Assim o “Grande Prémio de Arte da Cozinha”, o mais cobiçado de todos, é entregue este ano ao Chef Grant Achatz, um dos mais prestigiados chefs dos EUA e do mundo. O seu restaurante Alínea em Chicago é considerado uma referência mundial, onde se pratica uma das mais sofisticadas cozinhas de todo o mundo. A nomeação do Chef Grant Achatz para este prémio foi desenvolvida e defendida pela Academia Portuguesa de Gastronomia e mereceu no final uma votação unânime. Os outros prémios atribuídos foram : Carlos Falcó, Marquês de Grignon, Espanha, Grande Prémio da Cultura Gastronómica, Escola de Cozinha e Saúde de Michel Guérard, França, Grande Prémio da Ciência da Alimentação e Sra. Toyoko Nakamura, Grande Prémio da Arte da Sala.

 PORTUGAL ARRECADA DOIS PRÉMIOS DA ACADEMIA INTERNACIONAL DE GASTRONOMIA

O Chef David Jesus do Belcanto foi o grande vencedor do Prémio Chef do Futuro (Chef de l’Avenir). É um prémio merecido para este jovem talentoso e dedicado, que tem a responsabilidade de apresentar diariamente a mais sofisticada e interessante cozinha portuguesa no Restaurante Belcanto do Chef José Avillez. A equipa José Avillez/David Jesus (o primeiro também galardoado com o mesmo prémio “Chef de l’Avenir” pela Academia Internacional em 2005) constitui um exemplo extraordinário de capacidade criativa baseada sempre em produtos, receitas e hábitos nacionais, sendo o seu trabalho altamente reconhecido interna e externamente (3 estrelas no Guia Repsol, 1 estrela no Michelin).

O outro prémio, de Literatura Gastronómica, foi entregue a Armando Fernandes, pela sua obra “À mesa em Mação”, Ed. Câmara Municipal de Mação, um livro que impressionou os jurados pela profundidade do estudo gastronómico-social-antropológico de grande valor científico e cultural.

 

Com persistência e vontade o sonho se tornou realidade!

Amorim Lopes

publicado por 59abc59 às 12:06

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14

16
21

25
26


Últ. comentários
Caros e inesquecíveis amigos, Infelizmente não me ...
M/s caros amigos. Lamento não ter podido estar pre...
Não sei se gosto muito do vídeo, a letra da música...
Obrigada por partilhar este vídeo, gostei muito. C...
Esta iniciativa, é muito interessante, mas mais se...
Dia 28 de Jnho um dia igualmente importante, boa m...
Depois do Benfica ter feito o jogo perfeito em Lon...
Visão enformada pela cor clubista. O jogador que ...
É claro que «há água no bico» dos chineses. Querem...
Esta lenga-lenga do comunicado da autarquia dá von...
MAIL
amorimnuneslopes@sapo.pt

blogs SAPO


Universidade de Aveiro