E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Hoje, 24 de Abril, faz precisamente 40 anos que um grupo de militares unidos na vontade de derrubar o governo totalitário, se preparava para, na madrugada que se avizinhava, por em marcha o movimente que nos iria trazer a democracia e com ela, um mundo mais justo, mais livre e menos desigual. Nos traria um mundo mais fraterno.

Para que as movimentações planeadas tivessem o seu início, era necessário dar a todo o País, simultaneamente e numa só voz, a ordem para arrancar. Essa ordem foi dada por uma senha, previamente combinada e que se resumia na transmissão, via radia - RR, Programa Limite - da cantiga do Zeca Afonso, “Grândola Vila Morena”.  

A forma como nasceu e como foi transmitida essa senha, é explicada no vídeo que seguidamente publicamos, cujas imagens foram hoje transmitidas pela RTP1 no programa Praça da Alegria.

VÍDEO

Apesar da ventania adversa “Abril” jamais morrerá!

Amorim Lopes
publicado por 59abc59 às 16:58

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
19

20
22
23

27
28
30


Últ. comentários
Caros e inesquecíveis amigos, Infelizmente não me ...
M/s caros amigos. Lamento não ter podido estar pre...
Não sei se gosto muito do vídeo, a letra da música...
Obrigada por partilhar este vídeo, gostei muito. C...
Esta iniciativa, é muito interessante, mas mais se...
Dia 28 de Jnho um dia igualmente importante, boa m...
Depois do Benfica ter feito o jogo perfeito em Lon...
Visão enformada pela cor clubista. O jogador que ...
É claro que «há água no bico» dos chineses. Querem...
Esta lenga-lenga do comunicado da autarquia dá von...
MAIL
amorimnuneslopes@sapo.pt

blogs SAPO


Universidade de Aveiro