Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DÁDIVAS

E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

DÁDIVAS

11
Fev11

QUE O SOL QUANDO NASÇA SEJA PARA TODOS

59abc59

Tanta guerra, tanto ódio, tanta luta pelo poder, tantas mortes a surgirem diariamente, tudo isto provocado pela ganância de uma minoria, que  o Mundo pretende dominar.

Tanta miséria, tanta fome, tanta pobreza, que diariamente convive com o supérfluo de uma sociedade, onde quase nada falta. Onde mora a solidariedade que tanto é apregoada? Quando é que o Homem deixa de olhar quase exclusivamente para o seu bem-estar pessoal e olha mais atentamente para as carências do mundo que o rodeia? Quando é que o amor, perdão, felicidade e solidariedade, são palavras existentes no dicionário de muitas famílias? Se a paz for uma constante no convívio das famílias, mais facilmente se alcançará a paz entre os Homens.

Que o sol quando nasça seja para todos.

 

 

O Sol voltou a brilhar
ele brilha sempre
todos os dias
quando encontramos
reencontramos amigos
Neste universo imenso
e acordou-me hoje cedo
num lindo sonho extenso
a luz do dia clareou
invadiu meu quarto
segurou na minha mão
O Sol intenso e radiante
continua no meu rosto
a beijar a minha pele
acariciando a minha existência
vem de mansinho...
aquece devagarinho
acaricia os nossos sentidos
Eis que a vida renasce
a cada nova manhã
Seja no verão escaldante
ou no inverno rigoroso
na estação das flores
ou quando a natureza
se transforma...o sol está presente
O sol da minha alegria
traz vida...ânimo...
é com o sol que vivemos
neste mundo iluminado
cheio de emoções
O sol voltou a brilhar
dentro e fora de mim
ele veio me beijar
porque ele gosta de mim.
pois é de nós que ele gosta
Na praia reencontramos amigos
reencontros acontecem
quando o sol aquece nossos corações!

(Fouquet, 4 de fevereiro de 2011)

Ao Romper da Bela Aurora

 

 

Brigada Victor Jara

 

 

A Magia do amanhecer

Amanhece....

Este cheiro da terra orvalhada

de folhas molhadas, se espalha pelo ar

invade a minha alma,

me atiça os sentindos

aguçando os meus desejos,

que vibram, clamam

ah....este cheiro suave, que embala os momentos

acaricia a alma, renova e nos dá alento

faz bater mais forte, o coração no peito

faz sonhar com o amor, em carícias no leito

ah...este cheiro gostoso, que a brisa traz faceira...

que embriaga e seduz, nos transforma inteira

delicada fragrância, sensação envolvente

que suaviza e enternece a gente....

ah...este aroma eloquente...que mexe e remexe

com os nosso sentidos.

inundando os nossos corpos, de desejos incontidos

de deliciosas emoções, inexplicáveis sensações

expondo as nossas fantasias, num prazer extasiante..

lá fora, o sol se ergue exuberante!!!

secando cada folha molhada, cada gota de orvalho encontrada

e aqui dentro, sua boca passeia voraz,

pelo meu corpo..que numa entrega, de delicioso prazer.

se deixa saborear....

isaboo

Amorim Lopes

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

MAIL

amorimnuneslopes@sapo.pt
Em destaque no SAPO Blogs
pub