Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DÁDIVAS

E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

DÁDIVAS

05
Dez11

AZEITONA – AZEITE – PROBEIRA ACOMPANHA A EVOLUÇÃO

59abc59

 

Frequentemente, tem muita gente dito, que o concelho de Mação está economicamente morto. Efectivamente, quem percorrer o concelho, fica com essa imagem.

Se analisarmos atentamente o concelho, na sua área económica e em especial, o sector das indústrias de transformação, a opinião terá que mudar um pouco,

pois encontramos as industrias ligadas à azeitona e às carnes de porco. Nesta área, temos a produção de presunto, enchidos tradicionais, azeitona de conserva e azeite.

De todas indústrias, em número superior a uma dezena, parece-nos ser justo destacar a Probeira, em Envendos, que se dedica à conserva da azeitona e produção e comercialização do azeite.

Esta, tem para a produção do azeite, um lagar ultra moderno, linha de extracção de azeite continua, com um decanter de duas fases e centrífuga vertical.

O lagar tem capacidade para triturar 70 toneladas/dia de azeitona. Por campanha, tritura

700 a 800 TL de azeitona, das quais 300TL são da nossa zona. Anualmente, produz aproximadamente 120000L de azeite, que põe no mercado em vasilhas de formato diverso, com as marcas: Probeira, Lisboeta e Ramo de Oliveira.

Por último, achamos por bem realçar, que a azeitona pode ser recebida com a folha, a extracção do azeite é feita a uma temperatura não superior aos 32º e a acidez, esta campanha anda a rondar o 0,5º.

Para a Probeira, para o empresário Luís Pereira e todos os trabalhadores, desejamos muita saúde e força, para manter de pé a empresa, que ano após ano, vem dando ao mundo uma tão boa imagem, que muito tem ajudado a divulgar o nosso concelho.

Por último, apresentamos um vídeo, em que procuramos mostrar o lagar acima referido, ficando para uma próxima oportunidade, um trabalho, onde mostraremos a linha de enchimento de azeite existente.

 

VÍDEO

Amorim Lopes

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

MAIL

amorimnuneslopes@sapo.pt