Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DÁDIVAS

E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

DÁDIVAS

30
Jul12

JOSÉ OLIVEIRA E COSTA DECLARA FALÊNCIA MAS GANHA 14 MILHÕES

59abc59

Na realidade, as negociatas sempre existiram, continuam a acontecer e no futuro, continuarão a enfeitar o negro ramalhete da nossa economia.

Segundo o Correio da Manhã de ontem, “José Oliveira e Costa está à beira da falência. Perante a multa de 950 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal (BdP) ao ex-líder do BPN, no âmbito do inquérito ao banco, o ex-banqueiro informou o BdP de que está a caminho da insolvência. De Novembro de 2003 a Agosto de 2005, Oliveira e Costa ganhou com a venda de acções da SLN SGPS, segundo dados dos autos do ‘caso BPN', mais de 14,1 milhões de euros”.

Para justificar a sua má situação económica, segundo a mesma fonte,” o ex-líder do BPN afirmou junto do BdP, segundo apurou o CM, que tem os bens penhorados no âmbito de um processo de indemnização cível interposto pelo BPN. Já no final de 2009, na contestação à acção cível interposta pelo BPN, Oliveira e Costa disse estar "numa situação de absoluta carência económica".

Que negociatas, este senhor, outrora um dos mais poderosos no mundo dos negócios, vinha mantendo com alguns residentes no “condomínio oportunístico da política”. Residentes que, politicamente prometiam defender os interesses do Povo para alcançar o “pedestal”, rapidamente o esqueciam, para olhar sem escrúpulos pelo seu rápido enriquecimento.

No meio desta emaranhada e confusa envolvência económica, relembremos o que ontem o mesmo jornal escrevia: “Cavaco Silva e a filha, Patrícia, ganharam 356 mil euros na venda de acções da SLN em 2003. Em 2011, foi revelado em tribunal que Oliveira e Costa vendera as acções a Cavaco e à filha por um euro cada, mas comprara-as a 2,10 euros cada uma”.

São estes os políticos, com os quais convivemos, que na altura do voto tão eficientemente nos conseguem hipnotizar.

Com gente honesta, humilde, honrada, trabalhadora e inteligente, Portugal vencerá.

 

Amorim Lopes 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

MAIL

amorimnuneslopes@sapo.pt
Em destaque no SAPO Blogs
pub