Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DÁDIVAS

E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

E agora é o acaso quem me guia. Sem esperança, sem um fim, sem uma fé, Sou tudo: mas não sou o que seria Se o mundo fosse bom — como não é!

DÁDIVAS

10
Mar15

COMISSÃO EUROPEIA RECONHECE MAÇÃO COMO EXEMPLO DE “GESTÃO INOVADORA DO TERRITÓRIO FLORESTAL”

59abc59

Mação, pelo trabalho desenvolvido, pelas propostas apresentadas e pela gestão inovadora do território florestal que tem abraçado, vem sendo indicado pela Comissão Europeia como um exemplo a seguir.

Seguidamente, publicamos um comunicado da Câmara Municipal, onde esta, procura dar a conhecer noticias da área florestal.

De todo o comunicado, aconselhamos a leitura atenta do penúltimo parágrafo.   

Capturar.PNG

Capturar1.PNG

 

O Município de Mação foi recentemente indicado pela Comissão Europeia como um dos exemplos europeus de gestão inovadora do território florestal, no âmbito do EIP – AGRI, um projecto de parcerias europeu de Inovação ao nível da produtividade e sustentabilidade da agricultura e da floresta.

Na publicação da EIP-AGRI (http://ec.europa.eu/eip/agriculture/sites/agri-eip/files/eip-agri_brochure_forestry_2014_en_web_1.pdf), Mação foi o caso português mencionado nesta área pelo trabalho desenvolvido e pelas propostas que têm sido apresentadas, nomeadamente no que respeita à   criação e implementação das Zonas de Intervenção Florestal, que classificam de inovadoras e benéficas para o desenvolvimento e sustentabilidade do território florestal.

Esta distinção por parte da Comissão Europeia é registada com enorme agrado e orgulho pela Câmara Municipal de Mação. É vasto e importante o trabalho realizado pela Autarquia na floresta, assim como as estratégias e experiência acumulada ao longo de décadas na sequência dos incêndios florestais que têm fustigado o Concelho. Um trabalho conhecido e reconhecido não só a nível nacional como internacional (como é o caso do galardão “Batefuegos d’Oro” atribuído pelo Ministério do Ambiente espanhol, em 2006).

Como é do conhecimento público, os representantes desta Autarquia, em particular o Vice-Presidente António Louro, têm sido requisitados frequentemente para falarem sobre os projectos implementados no Município, alguns deles projectos-piloto/projectos-modelo de boas práticas florestais, assim como solicitados para receberem e orientarem visitas de campo, em Mação, para grupos de estudantes, investigadores e especialistas portugueses e estrangeiros.

Neste contexto, e até pelas propostas de implementação de novas políticas e estratégias mais eficazes e efectivas para o sector florestal recentemente apresentadas pelo Município ao Governo, é entendimento da Câmara Municipal de Mação que os responsáveis governativos conheçam com a maior profundidade possível o trabalho desenvolvido e o mostrem, como exemplo, ao resto do País. Não é por acaso quemuitos responsáveis governamentais têm tido conhecimento das propostas apresentadas, sendo consensual a sua validade.

Tendo esta Autarquia tido conhecimento da visita de Sua Excelência O Presidente da República, a realizar nos próximos dias, a Municípios da região para conhecer projectos na área florestal, o Presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela, não pode deixar de manifestar publicamente a sua estranheza e desagrado pela não inclusão do Concelho de Mação neste roteiro. Lamenta ainda o facto de já terem sido levadas a cabo outras visitas neste âmbito e de Sua Excelência O Presidente da República nunca ter visitado ou mostrado interesse em conhecer o trabalho deste Município no sector florestal.

Apesar desta situação, Mação estará sempre disponível para receber uma destas visitas temáticas no futuro, na certeza de que Sua Excelência O Presidente da República está nesta, como noutras áreas, interessado em conhecer as melhores propostas para o desenvolvimento de um sector fundamental para Portugal.

Capturar2.PNG

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

MAIL

amorimnuneslopes@sapo.pt